Mostrando postagens com marcador Lígia Guerra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Lígia Guerra. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Nem Tudo Que Reluz É Ouro

Mensagem do Bem


Mensagem do Bem de Hoje é da Psicologa e Palestrante Lígia Guerra, que nos fala que nem Tudo que Reluz é Ouro.
Mulher nova de Branco no campo
Depois de algum tempo você aprende que nem todas as gambiarras são ruins e que nem todas as luzes são perfeitas. 

Sim, muita gente chega em nossas vidas feito promessa pronta de felicidade. A pessoa é agradável, inteligente, bem sucedida e linda, mas toda essa perfeição muitas vezes esconde um misto de insegurança e chatice! 

Outros chegam com remendos, nem sempre estão prontos para um relacionamento e carregam muitas dúvidas sobre a vida... mas são humildes, sabem ouvir, fazem sorrir, são divertidos justamente porque são humanos e não fazem a pose do “sei tudo”... Encantam! 

Tem estrada dentro dos seus olhos e o desejo se crescer junto com o parceiro. Eram gambiarra, mas aprenderam como consertar os próprios remendos. Perceberam que as suas cicatrizes não são motivo de constrangimento, pelo contrário, elas são fruto das vivências daqueles que aprenderam a enxergar a beleza da imperfeição. Antes de se afastar das gambiarras, veja se o remendo não é apenas falta de investimento. 

Existem muitas “embalagens reluzentes” que não sabem amar, enquanto outras surpreendem pelo conteúdo apesar da “embalagem” não impressionar na primeira impressão. 

Na terra do afeto nem tudo que reluz é ouro. 
Há muitas jóias preciosas negligenciadas por falta de um segundo olhar. 

Lígia Guerra

terça-feira, 12 de junho de 2018

Mensagem de Bom Dia

Bom Dia !!!!


A Mensagem de Bom Dia de Hoje é da Psicologa e Palestrante Lígia Guerra, que nos fala do Despertar e  Incentivar  as Pessoas, E ela nos Escreveu um pequeno trecho assim:



Amanhecer em Recife - PE
"Independente das dificuldades do Caminho, Acenda Sorrisos. 
Aqueça Corações. 
Semeie Sonhos. 
Incentive as Pessoas a terem fé em si mesmas. Desperte Milagres!"

Lígia Guerra

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Quantas pessoas estão na sua vida porque você insiste?

Reflexão Do Dia


A Reflexão do Dia de Hoje é da Escritora, Poetisa, Comentarista e Palestrante Lígia Guerra, que nos faz Refletir Sobra as Pessoas que estão em Nossa Vida,E Ela nos Escreveu Assim:

Mulher nova andando nos trilhos de um trem
Quantas pessoas estão na sua vida porque você insiste? Será que isso pode ser chamado de relacionamento, amizade ou irmandade? 

Você valoriza a companhia da pessoa, trata bem, respeita as suas escolhas por mais que nem sempre concorde, dá forças, empresta o colo e a grana no momento do aperto, enxuga lágrimas e faz festa com cada uma das suas conquistas, mas nunca recebe nada em troca? Cansa, né? Isso não é sinal de pequenez, é sinal que você acordou! 

Ninguém ama na mesma proporção, mas no mínimo precisa respeitar e nutrir a relação com interesse. Amor não combina com uso: “estou na sua vida enquanto eu tiver alguma vantagem.” Isso é exploração! 

Amor combina com: “estou na sua vida porque gosto e é importante que você more na minha “casa afetiva”. Tem dias em que não precisamos limpar somente as gavetas da casa, também precisamos reciclar as relações rasas. Supérfluo só ocupa lugar e não acrescenta nada, nem no guarda-roupa e nem na vida!  

Forçar a barra acaba com a possibilidade do vínculo e acima de tudo com a Auto Estima. Tome muito cuidado para não se quebrar para deixar os outros inteiros. 

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Liberdade

Bom dia !!!

mulher em liberdade
A Mensagem de Bom dia de hoje é da Psicanalista Lígia Guerra Que diz:

Liberdade não significa apertar o botão do “dane-se” para todas as necessidades das pessoas ou para as pressões que acontecem na rotina. 

Liberdade implica em saber quem somos apesar de todas as imposições e expectativas depositadas sobre nós, em falarmos não, colocarmos limites e em desagradarmos quando necessário. 

Isso não significa que somos egoístas, mas que temos um grau de autoconhecimento saudável que sabe exatamente até onde as pessoas podem ocupar espaços na nossa vida. 

Nem sempre é fácil seguir o fio condutor que liga o nosso coração à nossa consciência. Ainda assim vale a pena pagar o preço da estadia, pois se faltar luz na “vizinhança” você perceberá claramente que a opinião dos outros não paga a sua “conta de luz” e não mantém a sua consciência tranquila. 

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Mensagem do dia

Originalidade

Originalidade...


Para que perder tempo, sujar os seus pensamentos, agredir a sua autoestima e conturbar as próprias emoções com achismos alheios e fofocas, se é justamente a sua originalidade que o diferencia das demais pessoas?! 

Se você tiver que se ajustar a tudo aquilo que os outros esperam de você, a sua essência se despersonalizará. Estamos nesse mundo para nos agigantar, crescer e disponibilizar os nossos talentos à vida. Ninguém nasceu para se encolher!!! 

Aquele que “comenta” o sucesso alheio nem sempre quer ajudar, muitas vezes apenas destila o sabor amargo das próprias frustrações. Fique alerta! 

Lígia Guerra


segunda-feira, 2 de abril de 2018

Ser forte o tempo todo cansa...

Ser forte o tempo todo cansa, você não acha? Quem sempre tenta dar conta de tudo, em algum momento, adoecerá. 

Tome muito cuidado com aquilo que lhe vendem! Muitos de nós compramos a ideia, desde pequenos, de que o mundo só gira com a nossa presença e quando nos damos conta estamos carregando pesos descomunais que sequer são nossos. 

Apoiar, orientar e dialogar são ferramentas importantes em qualquer relação. Carregar as pessoas nas costas é autoflagelação. Existe uma enorme diferença entre ajudar e arrebentar-se com os problemas alheios. 

Todos merecemos o espaço da fragilidade de vez em quando… Receber um colo, um afago, uma palavra de carinho e ter alguém ao nosso lado que tome a dianteira quando nos sentimos impotentes por alguma razão. 

Ser onipresente, além de machucar o corpo e a alma, deprime. Ser especial no mundo é muito importante, mas isso não significa que precisamos ser os detentores de todas as soluções e os porta vozes de todas as dores. 

Ser especial também inclui ser cuidado, amparado e amado. De nada adianta reclamar do cansaço e da sobrecarga que os outros lhe impõem, sem mudar de atitude, sem bancar limites. Para sermos cuidados é preciso abrir espaço para que as pessoas tenham a chance de nos acolher. 

Cuidado com a sua armadura, ela pode impedir que o afeto dos que lhe amam alcance o seu coração. 

Lígia Guerra

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Frases e Citações - Lígia Guerra

Fugir das nossas dores é uma das formas mais cruéis de fugir da felicidade. Seria como se atirar de um avião esperando que alguém nos salve. Ninguém encontra a própria luz, apenas imaginando luz. É preciso enfrentar as sombras que insistem em nos apagar. Quer realizar grandes saltos? Aprenda a usar o paraquedas. 

 Lígia Guerra

domingo, 19 de julho de 2015

Sobre o poder das palavras... - Lígia Guerra

Quando você pensar, falar ou escrever, não esqueça a força incrível que habita em cada palavra sentida, proferida ou traçada. Palavras erguem nações. Palavras derrubam impérios. Palavras constroem pontes ou muralhas. Palavras criam laços ou tiram vidas. Palavras afagam ou espancam. Palavras são milagres ou pecados. Palavras são bençãos ou tormentos. Elas podem ser qualquer coisa, menos estéreis. Delas sempre germinará uma emoção, uma reflexão, uma inspiração ou um desânimo. Palavras gestam vidas, tempo, ideias, sonhos, amores. Seja como for, a responsabilidade é de quem dá forma ao jogo das letras… De forma sagrada ou de forma profana. 
Palavras vazias são uma forma tola de se manter em silêncio. Falar pode ser apenas uma maneira de distrair ou de esvaziar a possibilidade da troca. Qual de nós nunca se sentiu ‘tocado’ por um olhar ou abandonado por uma frase? Palavras possuem poder. Silêncios possuem força. Na cadência de ambos germina vida. Silêncios de alma são transformadores. Conectam o nosso Eu com o universo. Conectam pessoas afins. Quer saber se você é íntimo de alguém? Sinta se o silêncio entre vocês comunga paz. 

Lígia Guerra

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Racismo : Jogue esse lixo fora !!! - Lígia Guerra

Racismo é uma espécie de lixo emocional que intoxica tanto quem o emite como quem o recebe. Uma sociedade que acumula lixos destrói o seu equilíbrio, o seu meio e a sua capacidade de crescer plenamente.

O nosso país precisa criar a consciência de que o racismo não é um desvio psicológico que ‘pertence’ a algumas pessoas. Ele é um problema social extremamente enraizado e adubado por muita ignorância.

Ao contrário do que acreditam alguns, a condenação pelo crime de racismo não é uma forma de punir brancos. Há racismo também de negros contra negros, mestiços contra negros, brancos e mestiços, negros contra brancos… O racismo também se camufla entre preconceitos regionais, estéticos, de classe ou de religião. É ardiloso.

Independente do "alvo", ele afasta pessoas, destrói laços e alimenta hostilidade. É um dos nossos piores lixos sociais!!!

Consciência, educação, empatia e afetividade são os antídotos poderosos que possibilitam a real transformação dessa realidade que deve se tornar um passado distante. Bem distante.

Lígia Guerra 

terça-feira, 17 de março de 2015

Repense - Lígia Guerra

Como palestrante entro em contato com um número imenso de mulheres em todo o Brasil. Tenho percebido que por mais que sejamos batalhadoras, bem resolvidas, grandes parceiras, excelentes profissionais ou mães dedicadas, sempre acabamos sendo rotuladas por algum motivo. Já reparou nisso? 

Se você é inteligente, é uma ameaça. 
Se é bem sucedida, é questão de sorte e não de competência. 
Se é gordinha, é uma baleia. 
Se é magra, é neurótica. 
Se é linda, é burra. 
Se for taxada de feia, é sobra. 
Se quiser casar, é desesperada. 
Se não quiser casar, é predadora. 
Se quiser ter filhos, é descomprometida com a carreira. 
Se não quiser ter filhos, é egoísta. 
Se gosta de sexo, é vagabunda. 
Se não tiver descoberto o prazer, é geladeira. 
Se tiver opinião, é mandona. 
Se for tímida, é insossa. 
Se tiver ambição, é interesseira. 
Se quiser adotar uma vida simples, é alienada. 
Se gosta de cuidar da casa e da família, é mulherzinha. 
Se não gosta das atividades do lar, é uma porca. 
Se for religiosa, é beata. 
Se for questionadora, é bruxa. 
Se rir alto, é escandalosa. 
Se não rir, é mal humorada. 
Se for solteira, é encalhada. 
Se for separada ou viúva, é concorrente. 
Se for alegre, é fingida. 
Se for discreta, é antipática. 

Não somos produtos. Não somos embalagem. Não somos objetos. Não precisamos de rótulos. Repense nos preconceitos que você sofre. Repense nos preconceitos que você nutre e reproduz sobre si mesma e em relação a outras mulheres. Todos eles, de uma forma ou de outra, respingam em todas nós. 

Preconceitos oprimem e adoecem a alma feminina. Cada estigma que aceitamos, torna-se um fardo pesado que acabamos carregando por uma boa parte das nossas jornadas e que sabota profundamente a nossa alma e os nossos talentos. Repense. 


Lígia Guerra

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Bom dia !!!

Seja feliz. Mostre-se. Siga seu coração. Encontre uma nova perspectiva. Tenha um senso imaginativo. Encontre pessoas que você ame. Estabeleça objetivos. Ajude os outros. Dance. Mime-se. Encare os seus temores. Vá a um museu. Exercite-se. Limite a televisão. Entre em contato com a natureza. Ilumine-se! Tenha uma boa noite de sono. Leia livros. Compre flores para si mesmo. Não se compare com os outros. Não se debata. Esteja aberto a novas idéias. Não foque em pensamentos negativos. Dê foco em criar aquilo que você deseja. Tenha tempo simplesmente para se divertir. Mantenha o romance em sua vida. Faça uma lista de agradecimentos. Ame a mãe Terra!!! Valorize aquilo que você possui. Seja verdadeiro consigo mesmo. Reflita sobre cada linha e colha os melhores sentimentos dentro de si mesmo. Desejo-lhe o melhor, sempre. 

 Lígia Guerra

terça-feira, 4 de março de 2014

O dia em que morri - Lígia Guerra

Estranho? Nem tanto. Se depois de ler esse texto você achar que ainda está vivo, ótimo! Caso contrário, é bom repensar se ainda existe algum sopro de vida aí dentro. Vou contar como tudo aconteceu.

A minha primeira parcela de morte aconteceu quando acreditei que existiam vidas mais importantes e preciosas do que a minha. O mais estranho é que eu chamava isso de humildade. Nunca pensei na possibilidade do auto abandono.

Morri mais um pouquinho no dia em que acreditei em vida ideal, estável, segura e confortável. Passei a não saber lidar com as mudanças. Elas me aterrorizavam.

Depois vieram outras mortes. Recordo-me que comecei a perder gotículas de vida diária, desde que passei a consultar os meus medos ao invés do meu coração. Daí em diante comecei a agonizar mais rápido e a ser possuída por uma sucessão de pequenas mortes.

Morri no dia em que meus lábios disseram, não. Enquanto o meu coração gritava, sim! Morri no dia em que abandonei um projeto pela metade por pura falta de disciplina. Morri no dia em que me entreguei à preguiça.  No dia em que decidir ser ignorante, bulímica, cruel, egoísta e desumana comigo mesma. Você pensa que não decide essas coisas? Lamento. Decide sim! Sempre que você troca uma vida saudável por vícios, gulodice, sedentarismo, drogas e alienação intelectual, emocional, espiritual, cultural ou financeira, você está fazendo uma escolha entre viver e morrer. 

Morri no dia em que decidi ficar em um relacionamento ruim, apenas para não ficar só. Mais tarde percebi que troquei afeto por comodismo e amor por amargura. Morri outra vez, no dia em que abri mão dos meus sonhos por um suposto amor. Confundi relacionamento com posse e ciúme com zelo. 

Morri no dia em que acreditei na crítica de pessoas cruéis. A pior delas? Eu mesma. Morri no dia em que me tornei escrava das minhas indecisões. No dia em que prestei mais atenção às minhas rugas do que aos meus sorrisos. Morri no dia que invejei , fofoquei e difamei. Sequer percebi o quanto havia me tornado uma vampira da felicidade alheia. Morri no dia que acreditei que preço era mais importante do que valor. Morri no dia em que me tornei competitiva e fiquei cega para a beleza da singularidade humana. 

Morri no dia em que troquei o hoje pelo amanhã. Quer saber o mais estranho? O amanhã não chegou. Ficou vazio... Sem história, música ou cor. Não morri de causas naturais. Fui assassinada todos os dias.  As razões desses abandonos foram uma sucessão de desculpas e equívocos. Mas ainda assim foram decisões.  

O mais irônico de tudo isso?
As pessoas que vivem bem não tem medo da morte real. 
As que vivem mal é que padecem desse sofrimento, embora já estejam mortas. É dessas que me despeço.

Assinado,

A Coragem 

Lígia Guerra

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Frases e Citações - Lígia Guerra

Não se apegue ao que ficará.
Ame o seu corpo. 
Embeleze a sua casa. 
Cuide dos seus bens.
Lembre-se, porém, que os emprétimos
precisam ser devolvidos.
Enquanto que as experiências emocionais e os conhecimentos são conquistas.
Estude. Conheça-se. Lapide-se.

Lígia Guerra

domingo, 25 de novembro de 2012

Frases e Citações - Lígia


Por que carrego doçura na alma e asas nos pés? 
Porque sinto a vida além do óbvio. 
Porque enxergo sol em dias de chuva. 
Porque amo até mesmo o desamor. 
Porque acolho cada gesto com os braços do coração. 
Porque perfumo o caminho das estrelas. 
Porque componho alegria na poesia da tristeza. 
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

 Lígia Guerra

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Frases e Pensamentos - Lígia Guerra

"Aprendi a importância da humildade com os soberbos, do perdão com os agressores, do silêncio com os maledicentes, da discrição com os invejosos. Afirmo que por mais dolorosas que tenham sido essas lições, elas me ensinaram a ver as oportunidades do aprendizado em todas as situações."
                Lígia Guerra

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Frases e Pensamentos - Lígia Guerra


Cada escolha que realizamos altera
o nosso destino para o bem ou para o mal.
Hoje você bate, amanhã você apanha.
Hoje você aconchega, amanhã você é amado.
A matemática da vida exige muito mais do que raciocínio,
ela requer sensibilidade.
“A semeadura é livre, a colheita é obrigatória”.
Use bem a sua liberdade!

 Lígia Guerra

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Frases e Citações - Lígia Guerra


"Existem dias em que o amor 

ganha força dentro de nós...
E se torna muito mais poderoso 
do que os muros que
construímos para contê-lo.
Amor que pula abismos,
Amor que contorna obstáculos,
Amor que supera as diferenças.
Amor que nos invade e nos 
torna maiores do que nós mesmos."

Lígia Guerra

terça-feira, 31 de julho de 2012

Frases e Citações - Lígia Guerra

Sofrer nem sempre é opcional...
Aforgar-se nos problemas é!
Decepcionou-se, o reconhecimento não aconteceu,
foi abandonado por quem você mais amava?
Formou um oceano com o seu estoque de lágrimas?
Pare de incorporar o papel de vítima!
Chega de lamentar e aprenda a nadar.
Esse mar de lágrimas deve levá-lo ancorar em outro lugar.

Lígia Guerra

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Frases e Citações - Lígia Guerra

"Que as diferenças sejam o combustível do amor
A razão das gargalhadas divertidas
O motivo da admiração mútua
O impulso para o aprendizado diário
O desejo de ser divã nos momentos difíceis
O olhar especial no meio da multidão
Que as diferenças fortifiquem as igualdades...
Que elas alinhavem os novos sonhos da paixão."

Lígia Guerra 

domingo, 22 de julho de 2012

Frases e Citações - Lígia Guerra

O passado desejou me aprisionar, mas eu fugi.
Respiro o meu presente intensamente!
Sei que através das minhas escolhas 
bem realizadas no agora...
Serei recebida apaixonadamente 
pelos braços do meu futuro.

Lígia Guerra