domingo, 3 de março de 2013

Sonhar e ir além... - Rubia A. Dantés

O que fazer quando a gente não quer olhar para algumas coisas que estão acontecendo com a gente...

Quando você não gosta mais do que faz, ou não está mais feliz em um relacionamento... ou em qualquer situação na sua vida que um dia foi a ideal, preencheu seus sonhos, mas, com o passar do tempo foi se transformando pouco a pouco, até que um dia... você não tem como fingir que não está percebendo que isso está acontecendo na sua vida.

Se for um trabalho... por exemplo, um trabalho que um dia você estava inteira nele e acreditou que era o trabalho da sua vida, você se nega a perceber que aquilo também está se tornando um peso. Seu corpo não tem energia para aquilo mais, sua alma já não sente entusiasmo... mas você nem sequer admite essa possibilidade.. afinal aquilo era tudo que você queria, era tudo que sonhava fazer, e se dedicou tanto tempo a isso, sempre acreditou que era seu Dom, mas... em algum ponto que você não se lembra onde, o que você amava fazer passou a não ser mais tão prazeroso... você perdeu pouco a pouco o entusiasmo e, por acreditar que era o trabalho da sua vida... você nem se abre para sequer admitir a possibilidade de que, não gosta mais de fazer o que está fazendo. E fica assim por muito tempo, fingindo que aquilo não está acontecendo... afinal você buscou tanto aquilo e se realisou tanto naquele trabalho... que por um bom tempo você vai empurrando com a barriga sem ter coragem de olhar de frente para essa situação...

Você tenta encontrar desculpas e achar que logo as coisas vão voltar ao normal, que seu ânimo vai voltar e só vai adiando o dia que vai ter que admitir que: o que você tanto amou e lutou tanto para conquistar se tornou uma obrigação muito pesada. O que foi solução um dia se tornou um problema.
O que fazer quando isso acontece nas nossas vidas, seja em que área for...

Acho que a primeira coisa a fazer sempre é olhar de frente para a situação, aceitar que aquela é a sua realidade no momento, não resistir... mesmo que você não goste dela... mesmo que você tenha pavor de admitir que aquilo está acontecendo na sua vida.

Enquanto resistimos à realidade ela não se transforma, e não permitimos que outros caminhos se apresentem... se nos mantemos presos e apegados a um caminho nem temos olhos para outros que podem estar já batendo à nossa porta.

Por mais difícil que nos pareça a realidade que teremos que enfrentar a partir dessa aceitação, é sempre melhor do que ficarmos presos a situações que estão minando nossa energia e tirando toda a possibilidade de estarmos onde nossa Alma nos acena para ir.

Abrir mão do que foi um sonho nem sempre é muito fácil, porque nos apegamos às coisas boas como se elas fossem eternas, mas tudo é impermanente, e... eterna é a possibilidade de sempre podermos sonhar e ir além...

Muitas vezes o que está sendo pedido é só um novo olhar sobre o velho... uma maneira diferente de fazer a mesma coisa... ou, pode ser mesmo uma mudança radical... Sempre que não estivermos satisfeitos e inteiros onde estamos... seja no trabalho, nos relacionamentos... o melhor é mesmo ter a coragem de olhar de frente e aceitar que daquela maneira não está bom... por mais apegados que estejamos.

Apegamo-nos ao que dá segurança, mas... a maior segurança se dá quando acompanhamos o fluxo... a vida é um eterno fluir de momentos que nunca se repetem... a vida se renova a cada dia. Se nos apegamos às coisas e as congelamos na forma em que foram boas um dia, estaremos impedindo o fluxo e o renovar da vida. Gastamos uma quantidade enorme de energia tentando segurar o passado e nem nos abrimos para perceber toda abundância de novas possibilidades que o presente nos propicia...


Rubia A. Dantés 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares