domingo, 28 de outubro de 2012

Procure ser uma esponja e não uma latinha... - Sigmar Sabin


Olá tudo bem hoje?

Você sabe me dizer qual a diferença que existe entre uma esponja e uma latinha, se comparados com o aspecto comportamental e emocional das pessoas?

Analisando sob a ótica da física, a lata é feita de material rígido, inflexível enquanto a esponja de material plástico, flexível, elástico.

No entanto, latinha quanto esponja, quando são submetidos a algum tipo de pressão, absorvem essa pressão e sofrem deformações em sua forma física.

Porém é quando a pressão sobre eles cessar que os dois se diferem completamente.

A esponja quando liberada da pressão, retorna ao seu estado original, talvez com a exceção de algumas fibras que foram rompidas em seu interior, pela intensidade e duração da pressão, ela volta ficar na forma que tinha originalmente, sem perder sua funcionalidade.

Já a latinha, quando liberada da pressão, assume a nova forma adquirida pela pressão. Ou seja, fica literalmente “amassada”. Por sua estrutura e composição, fica sem reação e consequentemente sem capacidade de reagir.

Assim são as pessoas em seus comportamentos e estados emocionais .

Algumas são como latinhas, que ao sofrerem alguma pressão, principalmente emocional, permanecem “amassadas” para sempre. Mesmo quando recebem alguma ajuda externa, podem até desamassar, mas raramente voltam ao seu estado original, mantendo em seu íntimo as marcas impressas pela força que as amassou.

Comparando com pessoas são aquelas eu ao sofrerem uma decepção ou uma experiência dolorosa em sua vida, passam a viver dali para frente com o referencial daquela decepção.

Por exemplo, alguém que tenha sofrido uma decepção num relacionamento, uma perda de confiança por causa da atitude de outra pessoa em relação a ela, acaba emocionalmente “amassada” e fica em seu interior com uma crença que todas as outras pessoas são e agem como aquela que lhe causou a dor.

Mesmo passado a situação ou o término da “pressão”, ela nunca mais volta ao estado normal. E, todas as marcas do amassado permanecem nela para sempre. Não confiando mais em ninguém, muito menos na própria capacidade de reagir e viver novamente.

Já, as pessoas esponjas mesmo quando passam por momentos de grande pressão (decepção, tristeza e dor), quando passado esse momento ou experiência, voltam mesmo que lentamente ao seu estado original, prontas para continua a vida.

Elas ficam apenas com a lembrança e o aprendizado dessa experiência, sem que isso as limite ou impeça de viverem novos momentos e ter outras e boas experiências.

Elas estão sempre prontas para viver e experimentar algo novo.

Essa qualidade ou facilidade de retornar ao estado original, chamamos de RESILIÊNCIA.

Essas pessoas aproveitam muito mais a vida e sem sombra de dúvidas são ricas emocionalmente.

Pense nisso...

Tenha um Bom Dia HOJE!

 

Sigmar Sabin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares