quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Antes que a angústia desça é preciso partir - Vinícius de Moraes

Antes que a angústia desça é preciso partir 
Não importa para onde, não importa para longe de quem 
Ó como o mesmo céu sufoca e a mesma ventura mata! 

Abandonar o corpo gasto de sol e a alma gasta de sono 
Raspar os velhos sapatos na branca soleira da casa do tédio 
E surgir como um animal morno de silencioso passo. 

Nada a conhecer... Sim, são verdes as montanhas 
E quanta vaga expiação deixam os livros no pensamento 
E acima de tudo existe Deus serenamente inacessível. 

Mas viver, ah, viver é doloroso, é incompreensível 
Não se sabe quando!... não se sabe nunca... e quando sabe-se 
É para receber o golpe mortal da tragédia no mais fundo.


Vinícius de Moraes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares