terça-feira, 3 de julho de 2012

Em busca do corpo perfeito - Clarissa Corrêa

Sempre achei mais fácil ser homem. Eles fazem xixi em pé, se ficam com uma mulher num dia e outra no outro os amigos batem palmas e acham legal, não carregam nove meses um filho na barriga, não sentem dor de parto, não ficam menstruados uma vez por mês, não sofrem com ataques de gula e TPM, não têm cólica todo santo mês e não gastam dinheiro com escova progressiva, sapato, bolsa e drenagem linfática.
 Fora isso, não compram (feito loucos) revistas que prometem deixar a barriga chapada em uma semana.

As mulheres são massacradas pela mídia. Você tem que ser super boa em tudo. Boa mãe, boa filha, boa profissional, boa de cama, boa amiga, boa irmã, boa ouvinte. Tem que se virar nos 30, afinal de contas, o mundo hoje é mais igual. Será que é, minha gente? Não vejo nenhuma revista ensinando o homem a seduzir sua mulher na cama. Em compensação, todo mês está nas bancas: "seduza seu gato", "incremente sua vida sexual", "apimente o sexo com essas dicas".
A mulher precisa seduzir, encantar, ser boa cozinheira, usar lingerie sexy, preparar jantar à luz de velas, se perfumar, deixar a bunda dura e estar com a depilação em dia. E o homem? O que os homens fazem? Por que é permitido pela sociedade que o homem tenha cabelo grisalho e uma barriga saliente? Ninguém fica comentando "olha como ele tá velho, olha aquela barriga". Experimente andar na rua com alguns fios brancos e uma barriga de 4 meses de gravidez. Nossa, ela está acabada. Que desleixo, meu Deus. O que aconteceu, era tão bonita e virou uma baranga!
É claro que a gente tem que se preocupar com a aparência. Arrumar o cabelo, fazer as unhas, se depilar, se perfumar, se cuidar. Mas sem obsessão. Sem neurose. Sem loucura. Sem fazer a dieta da sopa, a dieta da lua, a dieta da fruta, a dieta da proteína, a dieta do suco, a dieta do cocô de cavalo. Sem comprometer a saúde. Quer emagrecer? Vale aquela máxima: tem que gastar mais do que consome. Quer emagrecer? Vale a velha dica: comer mais salada e menos carboidrato, caminhar, caminhar, caminhar. Mexer o corpo, sacudir a alma. Faz bem e libera endorfina. Faz bem e te deixa mais feliz. Faz bem para o coração, para a pele, para tudo.
Você não pode mudar por causa de um homem. Quem está com você têm que gostar de cada celulite, estria e pé de galinha. Você nunca vai ser igual a gostosona da novela das oito. Ela vive para o corpo. Além do mais, você não é apenas uma bunda, um par de peitos, coxas e cintura. Você é uma pessoa. Se você não está feliz com o seu corpo, tudo bem. Busque ajuda profissional, consulte um nutricionista e se matricule na academia mais próxima da sua casa. Mas não dá pra mudar por causa de alguém. Não dá para se esquecer disso. E se ele estiver muito insatisfeito, que vá procurar a mulher da capa de revista.
Clarissa Corrêa In Vila Mulher
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares