segunda-feira, 28 de maio de 2012

Uma constante surpresa - Osho


Tudo muda, nada permanece igual, nem mesmo em dois momentos consecutivos. Assim, o desejo de manter para sempre as coisas como estão acaba.

E, quando acaba, você se liberta. De repente, você sente uma grande liberdade. Não é mais perturbado por coisa alguma, nada pode perturbá-lo.

As coisas o perturbam porque você esperava algo diferente. E elas não acontecem assim, não acontecem do jeito que você esperava. As coisas acontecem de outra maneira, não realizam seus desejos. Elas seguem uma direção própria, não dão ouvidos a você.

Nunca se sabe o que vai acontecer, e é bonito não saber. Esta é a beleza e o êxtase da vida: o fato de ela ser uma constante surpresa. Se fosse previsível, seria mecânica.

Ela não é previsível - há sempre surpresas reservadas e, quanto mais alerta você estiver, mais surpresas haverá.

Por isso as pessoas evitam ficar alertas - tornam-se insensíveis a fim de se proteger contra essa mudança.

Um homem de percepção se torna suficientemente corajoso para aceitar o fenômeno da mudança. Nessa aceitação há bem-aventurança, e tudo é bom, você nunca fica frustrado.

Osho,In "Meditações Para o Dia"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares