domingo, 27 de maio de 2012

Parábola de Vida - Alimentar as virtudes


Muito bravo porque um de seus colegas da es­cola havia feito uma maldade com ele, o menininho se aproxima do avô. O avô, com toda a calma do mundo, pega o menino no colo e começa a contar uma história.

- Muitas vezes fiquei com ódio no meu coração por diversas coisas que as pessoas aprontavam co­migo. Ficava com mais raiva quando era um amigo meu que fazia a maldade e quando meus colegas não pediam desculpas pelo que tinham feito. Mas, com o passar do tempo, fui percebendo que o único que sofre com o nosso ódio somos nós mesmos. Ele não fere a pessoa que nos machucou. É como tomar um veneno ao desejar que o inimigo morra. Não tem sentido. Depois que percebi isso, passei a lutar contra o sentimento de ódio.

Depois de uma pausa, para deixar o garoto refletir, o avô continuou.

- Existem dois lobos dentro do ser humano. Um dos lobos é bom, só quer fazer o bem e não magoa ninguém. Esse lobo vive em harmonia com a natu­reza e com os outros, é incapaz de agredir. Ele só luta para se defender, quando é necessário e justo. Mas existe também um outro lobo. Um lobo cheio de raiva, que briga por qualquer coisa, mesmo sem motivo. Ele é incapaz de pensar, pois sua raiva gasta todas as suas energias.

Depois de deixar o menino pensativo por alguns instantes, o avô prosseguiu;

- As vezes é difícil conviver com os dois lobos que existem dentro de nós, porque os dois querem se destacar. Os dois querem se mostrar ao mundo. Os dois lutam para ver quem é o mais forte.

O menino olhou nos olhos do avô e perguntou. - Qual é o lobo que vence, vovô?

- Aquele que alimentamos com mais frequência!

- Respondeu o avô com um sorriso no rosto.

Para refletir

Os dois lobos existem no interior de cada um de nós. Não adianta negá-los. É preciso, ao contrá­rio, lutar contra o lobo que não queremos que se destaque. É preciso não alimentá-lo. Somos aquilo que queremos ser, o lobo que deixamos sobressair. Alimente o seu lobo virtuoso. 

Alimente as suas vir­tudes com boas ações, com bons sentimentos, com a superação do egoísmo, do ódio, da tristeza. Com esforço, podemos ter uma vida muito mais saudável e feliz. O primeiro passo é tentar esquecer as mágoas, os rancores, as vinganças e tudo mais que pode nos destruir, como um veneno.

Darlei Zanon - Parábolas de Virtude 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares