segunda-feira, 21 de maio de 2012

Dai-me algumas palavras - Cecília Meireles


Dai-me algumas palavras,
- porém, somente algumas! -
que às vezes apetece,
pelos jardins de areia,
colher flores de espuma.


Deixai, deixai, secreto,
o silêncio que dorme
às portas da minha alma,
guardando os labirintos
e as esfinges enormes.


(O silêncio caído
com seus firmes oceanos
- onde não há mais nada
dos litorais do mundo
nem do périplo humano!) 


Cecília Meireles (1901-1964)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares