sábado, 7 de abril de 2012

Inteligência do tempo - Paulo Roberto Gaefke

Olhou para o mundo e acreditou que venceria.
Veio a decepção, chorou muito, quase desistia.
Olhou para as pessoas, acreditou nos conhecidos.
Sofreu com a indiferença dos que lhe deram as costas.
O mundo pede decisão, quase sempre recusa apostas.

O tempo se abriu, mas você cheio de mágoas nem percebeu.
O mundo continua seu ciclo: os dias se sucedem.
Ai de quem fica parado no tempo!
Sentado a soleira da solidão, suspirando por algo ou alguém,
que nunca vem.

A vida costuma acariciar quem não desiste,
e as vezes, desiste de quem desistiu de si mesmo.

Não se perca de você, da sua essência.
Ninguém nasceu para o sofrimento eterno,
nem para a felicidade plena de todos os dias.
Mas na busca do equilíbrio entre o ser e o ter,
entre o querer e o conquistar,
entre o trabalho e o amar.
Encontramos uma fórmula plena de saciedade.

Onde o que você é, agrada a quem deve agradar.
E o que você não é deve ser afastado.

Olhe para você!
Você tem um poder maior que qualquer dor ou desilusão:
- o poder de escolher entre o SIM e o NÃO!

O sim deve ser dado para você e o não para quem não lhe merece.
Se a dor é por causa de alguém: esquece.
Se é por causa de algo, lute se você achar que merece.
O resto é consequência do tempo que insiste em passar,
e adora acariciar aqueles que já aprenderam a se amar.

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares