segunda-feira, 2 de abril de 2012

Campos verdes - Cecília Meireles


Sobre o campo verde,
ondas de prata.

Andava-se, andava-se. . .
Sobre o verde campo,
sempre outras águas.

Sobre o campo verde,
paciente barco.

Errava-se, errava-se. . .
Sobre o verde campo,
Sempre outro espaço.

Sobre o campo verde,
todas as cartas.

Armava-se, armava-se. . .
Sobre o verde campo,
sempre o ás de espadas.

Sobre o campo verde,
qualquer palavra.

Olhava-se, olhava-se. . .
Ai! sobre o verde campo,
mais nada.
Cecília Meireles
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares