terça-feira, 27 de março de 2012

A vida e o Verme - Augusto Branco


Aquele que vive reclamando da vida
e que alega que não pediu pra nascer
deveria envergonhar-se diante de um verme.

Ou acaso alguém quereria estar no lugar do verme,
que rasteja e alimenta-se das imundícies
que existem no chão?

Eis que mesmo este verme luta pela sua vida!
E, assim, talvez fosse sabedoria divina
colocar o verme no lugar desta pessoa,
e colocar esta pessoa no lugar do verme!

Afastemos, pois, tais pensamentos de nossas mentes
e sejamos gratos!

Vivemos uma vida raríssima e maravilhosa,
e tamanho é este milagre que chega a soar presunçoso
que ainda queiramos mais um pouco,
se não fosse este desejo o reconhecimento
do quão bom é viver
e do quão seria maravilhoso continuar presenciando
e maravilhando-se da obra divina.
Afinal, quem quer abandonar o que é bom?

Sim, desejemos viver mais! Desejemos a eternidade!
E felicitemo-nos todos pela graça de viver,
afastando de nossas mentes qualquer pensamento medíocre
para que nunca sejamos menos dignos que um verme.

Augusto Branco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares