sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Mergulhos... - Rubia A. Dantés

Ao deixarmos para traz coisas que nos davam segurança, mas que só nos levavam até determinado ponto... podemos acessar um pouco mais de profundidade nos mergulhos e um pouco mais de abertura nas possibilidades...

Sei que sempre tem mais... e esses momentos onde adentramos em algo novo que nos inspira a ir fundo em busca da gente mesmo... são especialmente preciosos, porque nos oferecem a certeza que está na hora de tirar mais um pouco dos véus que nos impediam de ir além....

Eu estou em um momento assim, e percebo que o Universo me colocou em um campo fértil de possibilidades... Nada fora de mim, mas chaves, que até então eu não havia acessado, me mostram como o nosso potencial de crescimento é sempre aberto e nunca chega ao fim...
Essa imensidão que se abre diante dos nosso passos que se arriscam no desconhecido, nos dão sempre uma soprada de que não devemos parar e nos apegar a nada, por mais maravilhoso que aquilo possa parecer...
Mas, muitas vezes, nos esquecemos disso e tentamos segurar com as mãos o que de repente se revela maravilhoso e especial...

Sinto que estou indo para um lugar novo dentro de mim... um lugar de acolhimento de muitas coisas que não aceitava em mim por julgar inadequadas a quem eu pensava que era... Hoje sei que inadequado é negar qualquer coisa que faça parte da sua totalidade...

Me encanto quando essas possibilidades novas se deixam perceber... ou melhor, quando me deixo perceber as possibilidades novas que estão sempre presente.

Esse tempo é sempre precioso, porque já sabemos o que não queremos mais e temos coragem de avançar sem garantias rumo ao desconhecido.... e só a intenção já movimenta um fluxo enorme de informações que são reconhecidas por sua Alma... e que te dão novas esperanças de que tudo pode ser mudado, se mudamos nossa percepção das coisas... Diante de novas percepções um leque de variedades se desdobra e o novo passa a ser algo, não mais só sonhado e esperado, mas uma possibilidade real que vem da sua disponibilidade de se abrir para ele... deixando os velhos modos de ser e de agir vamos adentrando por terrenos novos dentro da gente e liberando com Amor e Aceitação tudo que pede para vir a Luz de Consciência...

Amo quando estou nesse tempo... onde tudo parece possível de se expandir na proporção em que também expandimos os espaços do nosso coração para que neles caibam as coisas que até então rejeitávamos em nós mesmos e considerávamos como partes não aceitáveis da nossa natureza...

Nesse mergulhos tenho encontrado partes minhas que estavam prontas para vir à luz... e que só tinham sido negadas e rejeitadas por não se enquadrarem aos padrões normais... por não se adequarem a normalidade de uma certa história ou de uma certa época, que já nem tem mais importância...
E muitas dessas partes são tão preciosas e tem me soprado uma sabedoria tão simples... mas tão simples... e que agora, à Luz da consciência, me parece tão obvia, que até me pergunto como nunca havia me dado conta dela...

E isso me dá uma vontade de mergulhar ainda mais... para buscar cada vez mais profundo, até que não fique nada escondido e negado... mas sei que tudo tem o tempo certo para acontecer... e sei que por mais que eu me busque sempre tem mais de mim para ser buscado... até que um dia não reste mais nada...
nem o buscador nem o que ser buscado...
Seremos Um com o Todo...


Rubia A. Dantés
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares